segunda-feira, 19 de maio de 2014

Matrix pela Adm

"(...) Deluze e Guattari argumentam que o homem é realmente um apêndice das máquinas. Isso é porque as máquinas são energizadas pela força irresistível do ativo. Com efeito, as máquinas produzem fluxos impiedosos de matéria-energia (...)"

Modernismo, pós-modernismo e análise org. pág: 327, Robert Cooper e Gbson Burrell

Nenhum comentário: