segunda-feira, 17 de março de 2014

São tantas emoções bixo (ou sobre músicas que mudam os sentimentos)

Dias e dias com duas músicas na cabeça. A primeira é Sinceramente do Cachorro Grande. Eu amo essa música e acho a parte Honestamente, eu só quero te dizer que eu acertei o pulo quando te encontrei, eu acertei..." uma das mais bonitas declarações de amor que já ouvi (essa e "é por você que fecho os olhos" do Jota Quest em O que eu também não entendo).
Mas o pedaço que ficou intensamente no coração: 

"Gostei do seu charme e do seu groove
Gostei do jeito como rola com você
Gostei do seu papo e do seu perfume
Gostei do jeito como eu falo com você"
Quase sem querer é do Legião, e Legião quase sempre me faz perceber coisas da minha vida de formas diferente com as velhas canções (velhas porque sempre ouço). E ainda, assim como as boas leituras, vejo coisas novas e novas nuances no velho conhecido. A música me veio a cabeça pelo começo, mas me arrepiou pelo final (e me fez lembrar de tudo o que importa e trouxe sinceramente a tona). Viva as músicas que nos trazem a vida.

Segue:

Tenho andado distraído
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso
Só que agora é diferente
Estou tão tranquilo
E tão contente

Quantas chances
desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia

Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira

Mas não sou mais
Tão criança a ponto de saber tudo

Já não me preocupo
Se eu não sei porquê
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê
E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você

Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos

Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você
estava chorando
E foi então que percebi
Como lhe quero tanto

Já não me preocupo
Se eu não sei porquê
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê
E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu quero o mesmo que você